Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

No comando: FLASH BACK TOTAL

Das 12:00 as 12:59

No comando: AMADO BATISTA

Das 6:00 as 7:00

No comando: GOSPEL HITS

Das 7:00 as 7:59

No comando: MUNDO SERTANEJO

Das 7:00 as 7:59

No comando: SÁBADO ALEGRE

Das 8:00 as 10:59

Val
No comando: Show 104

Das 08:00 as 11:00

No comando: Cristo é a Solução

Das 11:00 as 12:00

No comando: 104 MPB

Das 12:00 as 12:59

No comando: VOZ EVANGÉLICA – IGREJA DE CRISTO

Das 13:00 as 13:59

No comando: A VOZ DA PROFECIA

Das 13:00 as 13:59

No comando: CRISTO É A SOLUÇÃO – ASSEMBLÉIA DE DEUS

Das 13:00 as 13:59

No comando: BREGA: FUSCÃO PRETO

Das 13:00 as 14:30

1238235_336843019784982_2097465645_n
No comando: Tarde Popular

Das 14:00 as 16:00

No comando: MUSICAL VARIADO

Das 14:30 as 15:59

No comando: ESPECIAL 104,9

Das 16:00 as 16:59

No comando: PRESSÃO FORROZEIRA

Das 16:00 as 17:59

No comando: AS 30 MAIS DA PROGRAMAÇÃO

Das 18:00 as 19:00

No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

Com chuvas acima da média, cai para 13 número de cidades em colapso no RN

Compartilhe:
???????????????????????????????

Após as chuvas acima da média, que voltaram a abastecer os reservatórios de água no interior do estado, o município de Jardim do Seridó, na região Seridó potiguar, deixou a situação de colapso no abastecimento de água. A distribuição ainda ocorre em sistema rodízio.

De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, 13 cidades ainda não podem ser abastecidas pelo sistema comum por causa do baixo volume dos seus reservatórios. Nesse caso, elas são atendidas por carros-pipa.

Desde a quarta-feira (25) os 12 mil habitantes de Jardim do Seridó voltaram a ser atendidos pela Barragem Passagem das Traíras, que está atualmente com 4% de sua capacidade. Técnicos da Caern estão trabalhando nos ajustes no sistema, que estava em colapso desde novembro de 2017.

A região do Seridó agora só tem uma cidade em situação de colapso: Cruzeta. Segundo a gerente da Regional do Seridó, Rosy Gurgel, a perspectiva é que o município também volte a ser abastecido normalmente pelo açude público da cidade nos próximos dias. O abastecimento também seguirá o sistema de rodízio.

G1

Deixe seu comentário: